O velho mundo - abrem-se os portões de Erebo



Livro: O Velho Mundo - abrem-se os portões de Erebo
Ano: 2016
Páginas: 250
Editora: Giostri
Autora: Kátia Regina Souza 

Sinopse: Tudo o que já foi criado corre o risco de ser destruído - essa é a primeira e mais dura lição que os pequenos primos Cantrell aprenderam sobre a vida. Roubadas de suas infâncias confortáveis, as crianças assumem a responsabilidade de defender os treze mundos quando a própria essência do mal escapa das Terras de Erebo: Cruciare, a fonte macabra de nossos piores pesadelos.

Ao mesmo tempo, uma profecia ameaça as terras e apenas um elixir pode impedir que o efeito desta seja catastrófico. Em uma jornada de luta, novas amizades e autoconhecimento, Daniel, Olívio, Tiago, André, Clara, Débora, Gabriela, Ágata e Eduardo Cantrell enfrentarão adversidades e, em meio a dores e perdas, descobrirão o verdadeiro significado da palavra família.


Afinal, até onde você iria por amor?


Resenha: Os primos Cantrell sempre tiveram uma amizade muito forte, não só porque sempre moraram perto um do outro,mas porque sempre se deram muito bem (mesmo que de um jeito meio estranho).
Certa noite um sonho (mensagem) cercou os sonhos das nove crianças; muito estranho e sem muito sentido na primeira tentativa de entende-lo.

''– Eu não lembro de sentir magia nem nada – garantiu André, empertigando-
se. – Mas sonhei com um lugar horrível e alguém que falava coisas
difíceis de entender. Parecia uma estação de rádio mal sintonizada.
– É, comigo foi assim – afirmou Eduardo, surpreso. – Bem difícil de
escutar. Cheguei a pensar que fosse um sonho comum.''

Eles chegaram a conclusão de que alguém estaria precisando da ajuda deles e o mais urgente possível; a partir daí eles passaram a ter novos pesadelos,visões e sonhos novos todas as noites e cada vez mais reais, o que os deixaram mais apreensivos do que os aguardava em Akilis (O velho mundo); e o pior é que o inimigo estava sempre á espreita, mais perto do que eles imaginavam!
Mas de uma coisa eles tinham certeza, os nove tinham sido escolhidos para uma missão (bem antes deles aprenderem a falar) e o mundo deles também corria perigo, e eles fariam de tudo para salvar a família deles a quem eles mais amavam.

Enfim o dia de enfrentarem seus destinos chegou (No Natal), e apreensivos e cheios de perguntas seguiram para a árvore monstro, onde encontraram o portal que os levariam para Akilis onde receberiam suas primeiras instruções para seguirem sua viajem.
Lá eles perceberem que todos(ou quase todos) os abitantes do reino eram bem receptivos e confiáveis, todos estavam dispostos a ajudar no que fosse necessário.
Mas eles ainda tinham que enfrentar vários perigos que viriam pela frente aos quais eles nem imaginavam e para piorar Cruciare estava os vigiando de perto e obtendo informações de sua jornada por uma das crianças que sem perceber teve sua mente e corpo possuídos pelo inimigo. Será que eles vão descobrir quem é e dar um fim nisso? As crianças Cantrell irão conseguir o elixir e entrega-lo nas mãos de Karkus? E o mais importante, eles conseguiram sobreviver á batalha final?


Minha opinião:  Gente eu sou um pouco suspeita para falar de livros de fantasia, mas esse livro realmente é muito atrativo, a estória foi muito bem elaborada e os personagens bem desenvolvidos, no decorrer do livro é muito difícil querer parar para uma pausa, a cada página a gente se vê mais dentro da estória e envolvido com os personagens. Eu gostei muito dos mocinhos (As crianças;Ien; Kronos; wolf e Harque), mas o VILÃO (Cruciare) o kara é phodastico, além do kara ter uma magia poderosíssima (que nem o pai dele pôde com ele), ele tinha um serio trauma de infância; pois seus pais era deuses e ele nasceu mortal, infelizmente ele descobriu isso da pior forma possível para uma criança, sendo alvo de chacotas e sendo ignorado por seu pai, ele acabou se fechando e fazendo de tudo para que seus pais sentissem orgulho dele, mesmo sua mãe lhe dizendo que o amava acima de tudo,ele não desistiu de tentar ser igual ou melhor que seus perseguidores; até que um dia ele começou a deixar a sede de poder e vingança tomarem conta dele. (Ele ganhou minha ''admiração'')
Enfim... Os seres que são detalhados, a escuridão de presença ameaçadora...'' A grande Batalha'', ''O trem dos inocentes'', consegui imaginar tudo isso com muita clareza e é por isso que AMO FANTASIA rsrs... A escritora me surpreendeu principalmente no fim, pois foi uma coisa inesperada e chocante, ainda estou me recuperando... É por isso que  acredito que esse livro precise ser mais conhecido, porque a leitura vale a pena!
(Obs: O final muda tudo o que você acreditava ser.)

Espero que eu tenha conseguido passar para vocês o que eu amei no livro,  e se vocês ficaram curiosos e querem saber o fim da estória, garantam os seus livros entrando em contato com a autora, vou deixar os contatos dela no fim do post!

Degustações: 

''Existem certas coisas que apenas estão destinadas a acontecer, e não há o que se possa fazer com relação a elas.''


''... A passagem para o Reino do Inimigo foi
aberta, rompendo a barreira que nos separava dos mortos. O macabro –
Ele – está por vir. Você deve procurar a Grande Árvore, porque quando o
sino do Reino dos Mortos anunciar a primeira madrugada do novo ano,
algo muito maior e mais cruel do que o fim de nossas vidas começará.
Tenha pressa, mas tenha cuidado.”


Contatos: 

Adicione o livro no skoob: http://www.skoob.com.br/o-velho-mundo-575477ed576437.html
Facebook da escritora: https://www.facebook.com/krssouza?fref=ts
Instagram: @krssouza13
Saiba mais do livro em: http://katiareginasouza.com/o-velho-mundo/

Espero que tenham gostado, tenham uma ótima leitura!!! Beijokas!

#EuLeioNacionaisEIndico

Share this:

JOIN CONVERSATION

2 comentários: